Pulseira A Culpa é Das Estrelas

slide1

Promoção Estilhaça-me

slide2

A Redenção de Gabriel

slide3

Caixinha de Correio

slide4

Boneca de Ossos

slide5

Desafio da Foto: #Fotografeolivro - A Primeira Frase de um Livro


Hello Evreyone,

Mais um mês que começa, e nós do blog Amiga da Leitora, decidimos iniciar nesse mês que é lindo, cheio de florzinhas, passarinhos e coisas fofas - viva a primavera -, o desafio da foto (que mais a baixo eu explicarei). E faremos desse mês, um período especial, pois além do desafio estamos cheias de projetos para o blog, para que ele possa agradar cada vez mais nossos leitores, e ser também para aqueles que o visitam um momento de descontração e bem-estar.


Enfim, durante o decorrer do mês contaremos a vocês as novidade...



Esse desafio foi criado pelo pessoal do Paradasi e Endless Poem, e eu particularmente vi uma galerinha fazendo ele no mês de Agosto, mas acho que não há problemas em fazermos ele agora.

A regra é basicamente  postar uma foto no IG (instagram), de um livro de acordo com a "ordem" do dia, ou seja, no primeiro dia você precisa postar uma foto da primeira frase de um livro, no segundo a foto de um livro que você jugou pela capa, e assim sucessivamente.


Eu a Thais e a Priscila vamos postar as fotos diariamente no IG, então quem quiser acompanhar basta nós seguir lá, nossos IG são: @Annalucanedo @Amigadaleitora e @Pribvisacri. Aqueles que seguem o blog, mas não utilizam a rede social Instagram, não se preocupem pois atualizaremos o blog com as fotos aqui também.


DIA 1: A primeira frase de um livro

Foto da Thais
"Todos pensam que foi por causa da neve." - SE EU FICAR

Foto da Anna
"O ano de 1835 não prometia trazer seu rastro luminoso de cometa todos os sortilégios, amores e desgraças que nos trouxe." - A CASA DAS SETE MULHERES

Nós fomos indicadas pela Paola, do blog Plantão Online. Quem quiser participar sinta-se mais do que indicado (a), e deixem a gente ver as fotinhas de vocês marcando o blog com a hashtag #amigadaleitoraDF.



Beijos , Anna (:

[Resenha] Just Listen - Editora @FarolLiterario

Just ListenTitulo Original: Just listen
Autor: Sarah Dessen
Editora: Editora Farol

Ano: 2010
Edição: 
Páginas: 307
Gênero:  Ficção norte-americana

Depois de ter sido pega com o namorado da melhor amiga numa festa, Annabel Greene começa o ano letivo sozinha e sendo ignorada pelo resto da escola. Mas o que realmente aconteceu naquela noite ainda é segredo, que ela não se arrisca a contar para ninguém. Os problemas de Annabel são explicitados pela recusa da família em admitir os próprios problemas, a fissura da mãe para que as filhas virem modelos famosas e Whitney, a irmã do meio, que sofre de anorexia. Uma amizade com Owen, o DJ da rádio comunitária, que tenta constantemente ampliar os gostos musicais de Annabel, fará a tímida jovem aprender a falar a verdade, doa em quem doer. (SKOOB)

Annabel Greene é a irmã mais nova de Kristen e Whitney, é também uma modelo mirim, tem uma melhor amiga chamada Clarke e é uma garota de vida tranquila. Tudo na vida de Annabel começa a mudar quando uma nova garota de sua idade mudou para seu bairro a quatro anos atrás. 

Sophie, a garota nova do bairro, é o esteriótipo da menina que quer agir como uma adolescente e logo Annabel acaba sendo influenciada a agir assim também, o que faz com que ela se afaste de sua melhor amiga - desde sempre - Clarke. 


Annabel e Sophie transformam-se em melhores amigas inseparáveis. Algumas coisas começam a mudar quando Sophie inicia o namoro com Will Cash, um garoto mais velho e super descolado. Do dia para noite Sophie e Annabel deixam de ser melhores amigas para se tornarem inimigas, e o único culpado é Will. 


Sophie acusa Annabel de ter dado em cima do seu namorado e assim toda a escola se vira contra Annabel e ela se torna a rejeitada. Marginalizada por aqueles que um dia foram seus amigos, Annabel tem de contentar-se a almoçar sozinha num canto da escola. Mas é nesse canto que um intrigante e misterioso menino se refugia também. Owen, é um garoto que foi deixado a margem, esquecido de lado, por causa do seu histórico agressivo e dos processos de reabilitação (devido a agressividade) que passou.



É desse encontro inesperado, que duas pessoas a um só tempo tão diferente e tão iguais, iniciam uma linda e encantadora amizade. Owen e Annabel se aproximam cada vez mais, e a garota começa a sentir que Owen é como um porto seguro para ela.

No entanto, em casa Annabel começa a enfrentar alguns problemas, a irmã do meio Whitney - que também foi modelo - se tornou anoréxica e por isso precisou voltar para casa para um processo de reabilitação. E como consequência disso toda atenção da família se volta para ela. E Annabel que tem um monte de coisas entaladas na garganta e que quer ter atenção da familia para lidar com seus problemas, acaba se calando.


Mas é nesse meio tempo que o mundo de Annabel vira de cabeça para baixo novamente. Emily uma menina que havia sido sua amiga antes, mas que se afastou depois do escândalo de Sophie, acaba do viver a mesma situação, ou seja, Emily é acusada por Sophie de paquerar o seu namorado. No entanto, Emily não se cala como aconteceu com Annabel, pelo contrario, ela conta ao mundo o que realmente aconteceu, e é através de Emily, que Annabel começa a criar força e coragem para também contar a verdade.


Que amor de livro <3 

O livro tem uma diagramação bem simples, e as folhas são brancas, o que de inicio me deixou com um pé atrás mas durante a leitura foi bem tranquilo. 


A Escrita da autora é bem clara, e fluida o que permite o leitor se envolver na história e não querer parar de ler. Uma coisa que m deixou meio perdida no começo, é que a narrativa trabalha com flashback, e não existe uma sinalização pra quando isso acontece, então minha ficha demorou um pouquinho a cair.


A temática abordada no livro pode ser divida em dois polos, o primeiro questões familiares e o segundo questões da adolescência. Ambos os temas são bem trabalhado, mesmo que de uma forma mais leve, e são bastante emocionantes (confesso que ao final da leitura fiquei com um nó na garganta, e lagrimas nos olhos, principalmente quando a Annabel conta a verdade pros pais).


Apenas ouça, e não julgue. Um ótimo conselho dado por essa história, e um outro ótimo conselho que posso dar é: Leia Just listen.




NOTA: 

beijos , Anna (:

Qual seu Gênero Literário Favorito?


Olá pessoal, tudo bem? Como podem ver o post de hoje é um pouco diferente do de costume. É que nós do Amiga da Leitora, queremos conhecer cada vez mais vocês leitores que passam por aqui, e o tipo de leitura que mais agrada cada um de vocês! Nos diga qual é aquele gênero que mais te prende a um livro. Como gratidão iremos sortear um kit de marcador de páginas entre aqueles que responderem, então se você quer concorrer deixe seu e-mail e o nome de seguidor nos comentários!

Minha Primeira Vez na Bienal do Livro


No post anterior falei sobre as minhas expectativas e preparações para ir pela primeira vez a uma Bienal do Livro. Hoje venho contar para vocês um pouco do que vivi e do que aprendi!


Chegamos cedo ao local do evento mas não o suficiente para conseguir as senhas para Cassandra Clare (faz biquinho), que segundo um funcionário do stand da Rocco disse, já tinha gente na fila desde as 23:00 hs do dia anterior. Mas fiquei feliz por poder conhecer pessoalmente pessoas maravilhosas como a Priscila (aqui do blog), Alana (amiga da Pri), Bia (amiga da minha prima), Landulfo (autor parceiro), o pessoal do marketing das editoras parceiras com que tanto falo por e-mail, entre outros.




A Editora Leya foi a nossa primeira parada, não queríamos deixar a oportunidade de sentar no trono de ferro passar! Gostei da promoção do box, mas fim de mês vocês sabem como é, e como comentei antes eu não estava me programando para ir na Bienal, então nem guardei dinheiro. Mas a Pri e a Alana compraram um livro ilustrado da série Game Of Thrones e ganharam uma camiseta exclusiva, além de 10% de desconto usando a promoção do SMS Leya!





O stand da Novo Século foi nossa segunda parada, porém voltamos lá umas quinhentas vezes (exagerada) no dia!! hahaha .... Comprei meu Fangirl da Raibow Rowell, que de 39,90 saiu por 35,00 e também ganhei um boton lindo de Eleanor & Park!!


Como falei na Fanpage do blog o stand da Galera Record estava com uma fila interminável e eu acabei desistindo.



Passei rapidinho pela Novo Conceito, mas não encontrei grandes promoções, mas ganhei um marca páginas lindo e que eu tanto queria da Lucinda Riley!





No fim acabei não comprando muito, pois além de não ter achado as promoções tão atrativas as que eu realmente queria aproveitar não foram possíveis. Sem falar que das 14:00hs em diante a muvuca só aumentou e dava até impressão de que faltava ar no local, por tanto esse foi o resultado da minha primeira vez na Bienal. Conheci pessoas incríveis, ganhei novos amigos, experiência e a realização de um sonho. Posso dizer que valeu muito a pena!!





XOXO

23° Bienal do Livro de São Paulo - Eu Vou!!


Depois de quatro anos de blog, eu finalmente vou a minha primeira Bienal do Livro (todos vibram por favor). Como sou super inexperiente no assunto esse post não será para dar dicas de como se preparar, e sim para mostrar como estou me preparando, então se alguém mais experiente tiver alguma observação a fazer, por favor COMENTE nesse post e não me deixe quebrar a cara!

Desde o começo do ano que eu estou implorando no meu serviço para tirar minhas férias ou uma folga nesse primeiro fim de semana de feira, mas devido algumas circunstancias isso não foi possível, então acabei desistindo, até descobrir que Cassandra Clare estaria na Bienal durante o domingo também. Falei com meus primos e eles toparam fazer um bate volta comigo para Sampa. O único problema é que foi tudo decidido de ultima hora, então acabou não dando tempo para preparar marcadores do blog. Aliás, essa é uma dica que eu posso dar com certeza: se você vai participar de algum evento literário - ainda mais tão grande como a Bienal - leve material para divulgação de seu blog! E se você também decidiu ir a Bienal de ultima hora, ou está indo pela primeira vez, o que posso te dizer é que tire todas as suas duvidas com pessoas mais experiente que você, ou que já foram na Bienal ao menos uma vez.


Eu assisti ao primeiro e o segundo vídeo que a Pam (do Blog Garota It) fez com dicas para aqueles que vão á Bienal esse ano. Inclusive mandei minha perguntinha, mas infelizmente ela não respondeu (fazendo biquinho agora). Como vou um único dia não precisarei dormir por lá, por isso não pesquisei nada sobre hotel ou pousadas, mas se você está vindo de um outro estado e vai passar mais de um dia em São Paulo, é obvio que deve pesquisar a estadia com muita antecedência! No meu caso estou indo de carro (ainda tem um lugar vago pra quem quiser ir com a gente), então a minha maior duvida era sobre o estacionamento, mas uma amiga me confirmou que tem sim, a gente só não sabe a faixa de preço, então se alguém ai souber, por favor me avise!


Como eu disse o que mais me motivou a tomar essa decisão de ultima hora foi Cassandra Clare, mas em meio as minhas pesquisas descobri que no dia que eu vou (24) a Bruna Vieira e a Paula Pimenta fará uma palestra, além de dar autógrafos e lançar seus novo livros. E tanto para uma coisa como para a outra eu terei que pegar uma senha que será distribuída nos stand das editoras assim que abrirem as portas do evento, por isso estou me programando para chegar lá bem cedo, e o essencial nisso tudo é ter os ingressos em mãos antecipadamente. No meu caso eu acabei ganhando, mas se alguém aqui ainda não comprou eu recomendo que não deixe para fazer isso no local, pois segundo informações a fila da bilheteria é enorme e você acabará perdendo um tempão e poderá não conseguir as senhas que são limitadas.

Desde o inicio do ano eu estou me controlando o máximo que posso para não comprar livros novos, pois estou com vários sem ler na minha estante, e preciso dar prioridade a eles, por isso não estou levando muito (nem pouco) dinheiro, contudo descobri que no evento tem um caixa eletrônico, então se houver alguma promoção irresistível eu até tenho onde recorrer (haha). Outra coisa que a Pam falou é que a comida lá não é das melhores, então levaremos nosso lanche na bolsa, assim aproveitamos para economizar o $$ do pedágio (kkkk).


Minha mala estará lotada! Vou levar vários livros para pegar autografo, por isso iremos levar uma bolsa/mala bem grande!! Se ela começar a pesar de mais a Bienal conta com um guarda volumes, mas isso tem um custo também, é claro.


Outra coisa importante é o uso do mapa, no site da Bienal ele já está disponível para impressão (clique aqui para baixar), e como as letras são bem miudinhas eu já grifei os stand que preciso visitar sem falta! É importante traçar uma rota para que as coisas não fiquem muito cansativas, e se vai encontrar algum amigo no local o bom é usar um ponto de menos movimento para o encontro.


Esses dias a Bienal disponibilizou também um aplicativo para celular, nele é possível acessar a toda a programação da feira e descobrir onde estará suas editoras favoritas (saiba mais aqui). Eu já baixei e aposto que será bem útil para mim que estou indo pela primeira vez. Além de celular é indispensável levar a maquina fotográfica e bem carregada de preferencia, para registrar as emoções deste evento do começo ao fim. No demais eu acho que só irei saber diante a situação mesmo, mas deixo o espaço aberto para qualquer coisa que vocês possam me acrescentar para esse minha Pré-Bienal.

A 23° Bienal Internacional do Livro de São Paulo, acontecerá do dia 22 (amanhã) ao 31 de Agosto de 2014. De Segunda a Sexta das 9h às 22h, Sábado e Domingo das 10h às 22h (*dia 31/08 somente até às 21h). Quem aí também vai? E que dia vão?

XOXO

Eu, você ... nós #7


Oláaa pessoal, lembram de um último post que fiz aqui no blog sobre fotografia? Pois é, reativando meu Tumblr essa semana, eu acabei vendo muitas e muitas fotos lindíssimas e ai quis fazer mais um post mostrando pra vocês.

Então aproveitem essas fotos que apesar de não terem nada escrito falam muito mais do que textos de milhares de palavras.







Então da mesma forma que eu fiz no outro post, eu resolvi colocar algumas fotos que eu mesma tirei e que eu acho bonitas, espero que vocês gostem também hahaha.


E ai, o que acharam das fotos que separei para vocês? Me contem tudo! E ah, se ficarem sabendo de algum projeto sobre fotografia e afins, pode me avisar viu.

Beijos, Anna (:

[Resenha] Qual seu número? - Editora @Novo_Conceito

Qual seu número?Titulo Original: Twenty Times a Lady
Autor: Karyn Bosnak

Editora: Novo Conceito
Ano: 2011

Páginas: 414
Gênero: Literatura Estrangeira / Chick Lit
Delilah Darling tem quase 30 anos e já se relacionou com 19 rapazes. Sua vida sentimental não tem sido exatamente brilhante, pois todo cara que conhece parece fugir do relacionamento. Quando lê uma matéria no jornal em que a média de homens para uma mulher de 30 anos é de 10,5, fica desesperada e assustada por estar muito acima dela. Além de tudo, o artigo no jornal terminava falando que, se a mulher tivesse o número acima dessa média, seria impossível achar a pessoa certa. Na tentativa de não aumentar seu número e perder de vez a chance de se casar, Delilah sai à procura de seus antigos namorados e tenta reconquistá-los. Será que um deles estará disposto a esquecer o passado e começar uma linda história de amor? Qual Seu Número? revela os segredos de cada mulher e prova que, quando se trata de assuntos do coração, números são apenas uma fração de tempo. (SKOOB)

Delilah Darling é uma mulher perto de completar 30 que está solteira, mas é uma mulher independente e bem sucedida em sua vida profissional e isso faz com que ela acredite que sua vida está ótima e que nada precisa ser mudado, porém sua percepção começa a ser afetada quando algumas coisas acontecem simultaneamente em sua vida.

A primeira coisa a acontecer é: A irmã mais nova de Delilah irá se casar, e por causa disso a mãe delas começa achar que, ou Delilah é homossexual, ou uma perdedora. 


A segunda é: Delilah descobre que ficou desempregada.


A terceira e talvez a mais importante de todas é: Delilah descobre através de uma revista feminina muito famosa que a media de parceiros sexuais que uma mulher tem durante a vida é de 10,5 e bom ela já está no número 19.


Depois do frustrante jantar de noivado de sua irmã, Delilah resolve encontrar os amigos que estão bebendo, por que assim como ela ficaram desempregados. E por ter lido a matéria da revista naquela noite, ela decide também que não passará do numero 20, ou seja, o próximo homem com quem transar será O cara de sua vida. O que ela não contava, era que pela noite de bebedeira, ela acordasse na manhã seguinte na cama do ex-chefe.



Desespera Delilah decide então começa a rever os ex-namorados na esperança de que consiga reatar com algum deles, assim não passando da marca dos vinte, e nem se tornando uma celibatária. Colin, o vizinho do lado é filho de detetive, e possui os genes em seu corpo por isso, é quem irá ajuda  Delilah a encontrar os ex's.

Enquanto viaja por todo o país atrás dos ex-namorados, Delilah acaba criando uma amizade muito forte com Colin, e os dois acabam se aproximando mais e mais. E Delilah acaba descobrindo também o por que de os seus antigos relacionamentos não terem dado certo.


E no meio de varias aventuras, loucuras e decepções que Delilah se vê diante de um impasse, se permitir um novo relacionamento com Colin e fazer dele assim o número 21, ou tentar fazer dar certo o relacionamento com o ultimo homem da sua lista - que parece ter sido o único a mudar nesses anos de afastamento.



A primeira coisa a dizer sobre esse livro é: Apaixonante. 

O livro é surpreendentemente divertido, existem momentos que você para e pensa "Meu Deus que loucura" e então começa a rir muito.


A escrita da autora é bem fluida, e fácil o que permite o leitor se envolver mais e mais com a história e ler o livro rapidamente, apesar da suas 414 paginas. Confesso que nem senti o livro passar, quando dei por mim, PUF! o livro já tinha acabado.


Os personagens são bem trabalhados, e a Delilah se tornou uma das minhas personagens favoritas. A trama é muito bem escrita e trabalhada. E a diagramação do livro é muito amorzinho <3 

Enfim, quer um livro pra se diverti muito? Uma leitura prazerosa? Leia "Qual Seu Número?", por que vale muito apena!



Ps: Alguém reparou que nas fotos das resenha que eu fiz durante as minhas férias, eu mostrei as minhas fadinhas??? hahhaha Se não, façam isso agora hahaha

NOTA: 

 Beijos , Anna (: